Quinta-feira, 1 de Janeiro de 2009

#2.18 - novinho em folha

                Sabem o que aconteceu nesta passada meia-noite? Podia ter sido só mais uma passagem de meia-noite como tantas outras, a fazer zapping entre canais deitados na cama, mas essa diarreia de passas secas e essa ressaca não enganam. Não foi “só” mais uma passagem de meia-noite. Mudou-se de hora, dia, mês e ainda recebemos todos um ano novinho em folha, por estrear. É nosso durante 365 dias, para usar e abusar, e tudo a partir de hoje. Agora vejam lá o que fazem com ele.

            Se vos deram um presente, é para se cuidar. A caixa diz “2009” mas isso é só o nome da coisa, não é a quantidade de vezes que podem fazer asneira com ele. Se querem mesmo saber aproveitá-lo, há que olhar para o que tinham antes, a versão “2008”. Isto é exactamente como receber um novo telemóvel. Passamos os contactos e algumas imagens para o novo mas deixam as mensagens no antigo. Queremos novas e melhores. Depois passamos os primeiros dias deslumbrados com o brinquedo novo, a carregar em tudo o que é botão. Pena um ano novo não apitar toques do clube Jamba.
Os entendidos dirão que este novo ano vem com defeito mas isso não é razão para se gostar menos dele. Até porque os entendidos são por defeito pessoas pessimistas. Julgam que podem ser, ou que têm de ser, senão o que seria de nós se não tivéssemos os Velhos do Restelo com quem concordar quando as coisas correm mal. Não lhes dêem ouvidos. Por muitos defeitos que o vosso novo ano pareça ter, tem uma qualidade fantástica. É totalmente novo. Limpo. Inutilizado. Podem fazer o que quiserem com ele portanto os defeitos ficam só como avisos. Conselhos. Nada mais. Deixem lá os pessimistas entoar a marcha fúnebre enquanto empacotam alguns trocos debaixo do colchão.
Quando vemos um ano novo começamos logo a imaginar o que vamos fazer com ele. Criamos-lhe regras e metas para ele e para nós próprios também. Até comemos passas a pensar nele e ainda nem o recebemos, tudo pura ansiedade. Sonhos, desejos e vontades com que não podemos sobrecarregar o nosso novo ano, senão é difícil sermos surpreendidos. É bom planear o seu uso mas no fundo ele funciona como os programas de Extreme Makeover. Se demorarmos demais ou mudarmos demais, alguém acaba a chorar. Leve o seu ano a passear durante uns tempos. Conheça-o. Quem sabe, não será o princípio de uma grande amizade. Tratem-no como uma namorada fantástica, que em ocasiões sociais come sempre de boca fechada. Menos numa.
Uma maneira que maior parte das pessoas tem de receber este ano novo é com tradições, superstições, manias psicóticas. Sejam elas quais forem lembrem-se sempre de uma coisa. Só há três coisas garantidas num ano. O “Sozinho em Casa” antes, o fogo de artificio durante e o Concerto de Ano Novo depois. O resto está inteiramente à vossa descrição. Não são cuecas azuis, notas no sapato ou saltos do sofá que vão fazer-vos aproveitar ao máximo o vosso novo ano. É uma valente bebedeira despreocupada quando o recebem e um sorriso durante o resto do tempo.
Têm agora mais alguns dias para olharem para o vosso novo ano com calma. Percam tempo nos detalhes. Saibam exactamente como vão pegar nele e usá-lo, mesmo que depois tudo mude e tenham de improvisar. Estes anos novos vêm com capacidade para improvisos, é uma das suas características. Não têm é garantia mas isso nunca nenhum teve. Agora, agarrem esse papel de embrulho, respirem fundo e comecem a desembrulhar.    
 
A desejar um palpitante e entusiasmante Ano Novo a toda a gente,
Guilherme Fonseca
tags:
publicado por Guilherme Fonseca às 15:33
link do post | comentar | favorito

.O Autor

Todas as Quintas o humorista Guilherme Fonseca publica um novo texto!

.textos recentes

. #2.42 - Ponto final. Pará...

. #2.41 - abstenho-me

. #2.40 - game on!

. #2.39 - let's talk about ...

. #2.38 - a angústia dos ch...

. #2.37 - grandes porcos

. #2.36 - análises aos exam...

. #2.35 - orgulhosamente ac...

. #2.34 - primeiro dia

. #2.33 - treme treme

.arquivos

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

.links

.leituras

Contador de visitas